Nada,ou tudo,depende do ponto de vista.

quando comecei a pensar no impensável: o nada.

O nada é o grande vazio do universo,ele,querendo ou não é maior do que tudo.

No nada se encontram todas as incertezas que ninguém nunca vai poder dizer que realmente sabe do que se trata. Essa é a graça do incerto,do vazio,do…Nada.

As pessoas parecem sempre precisar de certezas, sempre querem estar no controle de tudo,sempre querem saber tudo,mas sinceramente,é tudo uma ilusão,pois talvez tudo o que precisamos é aceitar que,na verdade não sabemos de nada. É isso que nos faz incríveis,e é isso que faz o nada nos fazer tudo (confuso).

Mas é no nada que existe a liberdade de ser tudo,transbordar os pensamentos e existir. É como uma folha em branco que você desenha as coisas mais loucas da sua imaginação.Mesmo que não seja concreto,é mágico.

Amo pensar no infinito,mesmo que seja tão desconhecido. Pensar no universo todo,na superfície das estrelas,nos traços de Deus. São coisas que ninguém conhece,e,pra cada pessoa é diferente. Isso que torna tudo tão especial.


Esse é um daqueles textos que faz muito sentido pra mim,mas não acho que consigo escrever de forma que realmente faça sentido. Ah,dane-se o sentido. Espero que esse texto lhe abrace. Se,de alguma forma lhe abraçou,clique no coraçãozinho ❤ pra me abraçar também.