O rock nacional nos fez ter vergonha da nossa cultura, dos nossos cabelos e dos nossos sotaques - e…
Fred Di Giacomo
1.5K400

Me identifiquei completamente com esse texto. Apesar de não ter vivido nos anos 80 (tenho 19 anos), no início da minha adolescência comecei a andar com os “rockeiros” da minha cidade, era aquela fase de rebeldia e tals. Confesso que aprendi muita coisa boa com o rock, porém aprendi também a ser preconceituosa para com os meus. Meus amigos odiavam Racionais e Rap. Eu procurava uma cantora em que me inspirar mas só encontrava Joan Jett, Tarja, Simone Simons etc. Com o tempo comecei a perceber que esse tipo de música não era pra mim, eu não me encaixava naquele mundo de garotas brancas com cabelos lisos e franjas, lápis de olho escuro. Me desfiz daquelas amizades, comecei a ouvir músicas que eu gostava de verdade e que são mais rebeldes do que o rock, Zé Ramalho por exemplo. Enfim, os brancos têm o costume de roubar tudo que é nosso, e foi isso que fizeram com o rock

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.