Porque algumas pessoas prosperam mesmo quando as condições são as mais desfavoráveis?


Você pensa insistentemente em problemas, diz que não consegue se conter. Mas quem, além de você, pode mudar esse cenário? A mente não nos comanda, embora ela tente fazer isso o tempo todo por meio do ego.

Deus, que é o Todo, nos deu ― e dá continuamente ― poder para controlar os pensamentos. Mas, acabamos adquirindo o hábitos de pensar só coisas negativas. Adquirimos crenças que nos limitam em vez de nos elevar. Fazemos o trabalho inverso, que nos leva a uma vida reprimida, fracassada, cheia de dificuldades.

Esse não é o nosso destino. De forma alguma estamos fadados à limitação, ao sofrimento e à dificuldade. Se você acredita nisso, está cheio de crenças limitantes. A sua mente está poluída, repleta de padrões que o colocam para baixo.

Muita gente não consegue enxergar o óbvio ― que é a grandiosidade da vida. Não enxerga um palmo à sua frente, não expande os horizontes e se recusa a aceitar que o amor é a nossa essência. Prefere viver pensando e materializando o que não quer, com o pretexto de que “a vida é assim mesmo”. Mas a vida não é nada disso.

Se você pensa assim, não sabe nada do que é viver. E se você estivesse certo, que diria das pessoas que, independentemente das condições externas, prospera e é feliz? Não são as condições em que o mundo exterior se encontra que determina o destino das pessoas. Existe aí uma coisa chamada “responsabilidade pessoal”. Do contrário, seria fácil culpar a tudo e a todos, embora seja isso que aconteça na maioria das vezes.

Quando eu e você aceitamos que somos responsáveis pelo mundo lá fora ― e consequentemente pelo nosso mundo ―, não tratamos mas as coisas da mesma forma. A gente sai dessa posição separatista, onde “o outro é o outro e não temos nada com isso”. Nós somos um, parte do mesmo todo.

Essa visão é uma nova consciência e quando a aceitamos, as mudanças começam a surgir. Os nossos sonhos se materializam porque não existem mais bloqueios. As coisas passam a fluir quando você se coloca na posição de colaborador nesse negócio, nessa empreitada que é a vida.

Não há mais vitimismo e cada um é dono da própria trajetória. O amor passa a existir quando você deixa de jogar nos outros a culpa pelos seus problemas. E sabe o que isso significa? Que você é livre. Que não depende dos outros para criar a sua realidade.

Isso é poder e ele vem do alto. Descubra-o e use-o. Só assim você vai entender porque algumas pessoas prosperam mesmo quando as condições externas são as mais desfavoráveis.

Luz e paz!