This story is unavailable.

Adorei a forma como você transformou a palavra "nada". No começo ela era leve, suas inquietações eram poucas e não incomodavam muito, com o tempo o "nada" foi crescendo trazendo um enorme pesar a palavra que antes era leve como pena. Ou seja, quanto mais você repetiu mais pesada ela ficou. Brilhante.