Fórum sobre Fundamentos do Design de Moda

Minha resposta pro Fórum sobre Fundamentos do Design de Moda (online).

Acredito que a contribuição para o fórum deve começar com a diferença entre Design e Moda. Compreendi que Design deve ser entendido como uma atividade projetual — como explicado pelas primeiras aulas -, sendo caracterizado por estruturas funcionais e estéticas que tem por objetivo gerar produtos completos e mais competitivos ao mercado. Já Moda é compreendida como maneira, modo e ritmo, sendo que possui duas funções: funcional — o que o produto pode fazer e estética — combina características que envolve a sensibilidade e o sentimento de adesão comunitária (Cidreira, 2008). Também é importante ressaltar que nem tudo na Moda é Design, devido as possibilidades de criação em moda (projetual — em que envolve design e a tradicional).

Sobre a Importância da evolução das teorias do projeto em Design acredito ser importante citar que graças ao lado sistêmico, que envolve a área de exatas, que o Designer de Moda é capaz de criar produtos completos, competitivos e muito mais criativos em Moda. Esse profissional também é essencialmente responsável pela solução constante de problemas que envolve: projeto (relação entre o profissional e o gerenciamento de decisões) e realização (produto perfeito e sem contradições); para tal feito é essencial conhecer os setores de cada etapa de criação, desenvolvimento e aplicação do produto (mercado). Resumindo, a Moda se apropria das ferramentas metodológicas do design para produzir produtos completos. Ouso dizer que Moda e Design são a união perfeita e que vem ganhando cada vez mais espaço nas empresas desse ramo.

Já sobre o Funil de Decisões de Baxter é importante ressaltar que essa é uma das ferramentas metodológicas que ajuda o profissional na hora de inovar seus produtos, na toma de decisões e também diminui os riscos e erros. Assim como permite ao projetista aumentar os conhecimentos sobre o produto do ponto de vista funcional (usuário) e de forma lógica e sistemática. Para que esse método funcione regras como: metas claras, concisas, específicas e verificáveis são de extrema importância. Baxter (1998), também aponta que existem três fontes de informação principais em um projeto: demanda e desejos dos consumidores, oportunidades tecnológicas para novos produtos e concorrência de produtos existentes. E por fim, é preciso lembrar que projetar produtos não segue uma linha linear, variando de acordo com os avanços e retrocessos durante o processo.

Like what you read? Give lilymoon a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.