Comentários agressivos na internet e a psicologia dos trolls
Laura Pires
19223

Excelente texto. Às vezes, fico a pensar que a internet não muda, mas apenas liberta o monstro interior de alguns. É como aquele jantar em frente à tevê, no qual toda a sorte de impropérios racistas e machistas eram celebrados. Em segredo. Agora, o jantar é virtual e a expressão preconceituosa, antes restrita à vivência familiar, ganhou as redes sociais.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Jônathas Arruda’s story.