5 formas de contornar a perda de receita causada pelos adblockers

Os adblockers estão em “tendência” no momento. Principalmente após a Apple lançar a funcionalidade de extensão para o Safari, que permite apps como o Crystal, app que bloqueia anúncios em navegadores. O Brainstorm9 chegou até a fazer um podcast a respeito do “colapso dos anúncios“.

Se você é um blogueiro ou produz conteúdo na internet, e depende principalmente dos anúncios como fonte de renda, nós imaginamos como você deve se sentir com a perda de visitantes/anúncios e a consequente diminuição da sua renda, mesmo com o aumento do esforço.

Para algumas pessoas, elas nem percebem, mas estão prejudicando sim os pequenos produtores. Felizmente, os blogueiros e produtores de conteúdo possuem algumas saídas… E nós iremos descreve-las agora.

1. Não faça nada

Eu sei, soa bastante controverso. De uma forma, usuários que utilizam os adblockers estão, de certa forma, “roubando” seu dinheiro enquanto usam recursos do seu servidor e do seu tráfego.

No entanto, esses mesmos usuários podem estar ajudando seu site em outras formas menos convencionais.

Eles podem, por exemplo, entrar em um post e terminar compartilhando em redes sociais, atingindo outros usuários que não utilizam adblockers.

No fim, é importante pensar antes de colocar qualquer medida que impeça usuários de adblockers de acessar seu conteúdo. Você pode ser duplamente prejudicado (queda de renda e queda de tráfego).

Eu uso de um exercício prático: o que você queria que acontecesse ao visitar um website e utilizar o adblock na página. Você queria ser impedido de acessar a página, só para o site em questão exibir centenas de anúncios impedindo ou atrapalhando a leitura do próprio conteúdo ou ler o texto de forma simplificada, utilizando a funcionalidade de bloqueamento de anúncios?

2. Solicite que usuários de adblock coloquem seu site na lista branca

Usuários querem o conteúdo. Você quer cobrir seus gastos e, esperançosamente fazer algum dinheiro. Isso é uma relação transicional bem fácil de ser entendida.

Se os usuários falham ao realizar essa relação, então seria mais interessante avisa-los do que está acontecendo.

A mensagem que você pretende exibir para os seus leitores é de sua responsabilidade, você pode explicar de forma educada como anúncios podem ser importantes para o seu empreendimento (bem mais possível do seu visitante agir de forma positiva em relação a isso) ou fazer de forma bem-humorada como alguns sites, como o OKCupid escolheu (abaixo o texto em inglês).

A tradução do texto é o seguinte: Então, normalmente teria um anúncio neste espaço. Mas você está usando um adblocker like a boss (a tradução desse meme ficaria sem sentido para o português); like a boss que não gosta de anúncios e isso é OK, exceto que o OkCupid é mantido por anúncios e nós precisamos do dinheiro para rodar esta besta. Aqui vai uma solução: você doa 5 dólares para a gente e nós removeremos todos os anúncios do website para sempre. Você não precisa ver o lixo de anúncios, nós fazemos um pouco de dinheiro que estamos perdendo com o blocker. Todos ganham.

O que é importante é que é a mensagem seja boa o bastante para fazer o usuário tomar uma ação.

Que ação?

Você precisa que os seus usuários coloquem seu website na sua lista branca. A grande maioria dos adblockers permitem que o usuário adicione uma lista de websites que eles querem que os anúncios sejam exibidos. Exceções à regra, basicamente. Assim que o seu site for colocado na lista branca, todos os seus anúncios serão exibidos.

Você pode realizar tal verificação manualmente ou instalar um plugin para WordPress chamado Adblock Notify, que além de detectar e notificar os usuários de adblock, ainda fornece estatísticas e contadores.

3. Redirecionar usuários de adblock

Essa é uma ação mais rígida, se você quiser que nenhum conteúdo seu seja exibido para usuários de adblock, você pode redireciona-los para outra página.

A página de redirecionamento pode ser uma página sua ou qualquer outro endereço.

Vamos assumir que o seu website seja o http://website.com e você quer redirecionar os usuários de adblock para o endereço http://website.com/adblock, você pode usar o código de JavaScript abaixo que detecta se o tamanho do seu container de anúncio é 0 após a página ser carregada (o que significa que os anúncios não estão carregando), e se for confirmada, prosseguir com o redirecionamento:

$(function() {
 if (!$(“#yourAdContainer”).height()) {
 window.location.href = “www.website.com/adblock";
 }
 });

Tenha em nota que a grande maioria dos usuários que são redirecionados podem nunca mais voltar ao seu website.

4. Melhore a qualidade dos seus anúncios

Aqui está um fato: os usuários da Internet não acordaram de um dia para o outro e falaram: eu odeio os anúncios. É um consenso que foi se formando aos poucos enquanto os anúncios ficavam lentos e mais carregados com o passar do tempo.

Como resultado, um dia, alguém inteligente o suficiente criou um workaround chamado ad blocking e vem crescendo cada dia mais.

Se desenvolvedores, anunciantes e produtores querem uma solução de longo termo para os adblockers, em algum ponto, eles precisam tomar a responsabilidade de criar anúncios rápidos, menos intrusivos e mais relevantes.

Apesar de um grande progresso ter sido feito nos últimos tempos, ainda está longe do ideal. Como produtor, você pode selecionar redes de anúncios melhores e monitorar a qualidade dos anúncios que estão sendo servidos ao seu website.

Use filtros para bloquear anúncios de qualidade sugestiva como jogos de azar, conteúdo adulto, drogas, armas, e qualquer outro termo que você acredite que não cairá legal para os seus visitantes.

5. Use outras formas de monetização

Você sabe o que dizem: nunca coloque todos os seus ovos em uma só vasilha. Essa metáfora nunca fez tanto sentido como nos tempos de hoje. Se a sua única receita vier de banners, você tem claramente um problema.

Existem diversas formas de gerar receita além dos anúncios/banners, na verdade, essas maneiras são até mais lucrativas dos que os banners.

Você pode se cadastrar em uma rede de afiliados, monetizar sua lista de e-mails, aceitar artigos patrocinados, gerar leads para o seu negócio, vender produtos e serviços ou até oferecer serviços de consultoria.

Não importa o que você faça, é importante que você faça algo além do que apenas exibir banners. Isso não vai apenas aumentar sua renda, como também lhe prevenir das mudanças no ecossistema publicitário no futuro.

Traduzido e adaptado do AdPushup.

NOTA: A título de curiosidade, eu uso adblock. E nós do Dicas WordPress estamos pensando seriamente em parar de oferecer anúncios em banners. Enquanto isso não ocorre, pedimos que você (caso você queira, obviamente) coloque nosso site na sua lista “branca”. Não se preocupe, não exibimos popup e a sua opinião a respeito dos nossos anúncios é fundamental para um relacionamento visitante-site duradouro. Agradeço a vocês, leitores, pela preferência em ler seu conteúdo aqui!


Originally published at www.dicaswp.com.br on October 16, 2015.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Yeltsin Lima’s story.