Um texto que escrevi meses atrás. História de como conheci um ex-rolo no dia dos namorados


Acho engraçado a maneira que você apareceu na minha vida, véspera dos dias dos namorados e eu estava em duvida se ficava em casa com o netflix ou saia para beber e dançar, mas algo me falava que não era dia de ficar em casa!

Ainda bem que eu fiquei com a segunda opção, tudo bem que foi depois do 3 amigo me mandar mensagem me chamando pra sair e fui para um bar na augusta e encontrar com um amigo da faculdade, depois de algumas doses começamos a pensar para onde ir após o bar, Dj Club ele falava, um antigo role nosso, conheço barman, dj e gerente, mas algo me puxava para outro lugar e aí a gente foi para funhouse!

Lá dancei, conversei com meus amigos e era um dia que estava convicta que “hoje não vou sair com ninguém, vim pra dançar e curtir” tinha sido avisada pela minha amiga que “é furada sair e pegar alguém no fds deste, tá tudo mundo desesperado e carente”, dancei, bebi meu uísque e dancei, até que a música ficou chata e resolvi sair da pista, foi quando você passou por mim, já tinha te visto antes e te achava lindo, tão lindo, que não resistir, olhei para cima e disse “oi”, depois disso, só lembro de esta encostada na parede te beijando.

Na minha mente tem vários flashs da noite, seu irmão pegando sua bebida (que foi maravilhoso, pois depois disso vc me deu um abraço incrível), lembro que eu tive que ficar nas pontas dos meus pés, de você pedindo mais um dose de uísque no bar e eu tirando barato da sua cara por conta da pedra de gelo que pediu, de você bebendo ele, da minha chateação de saber que era de outro estado, de eu pedi para vc sentar no banco para ficar mais próximo a minha altura, de eu ficar sentada na parte da frente do uber olhar para atrás para conversar com as pessoas, te olhar e pensar “tão lindo, ainda bem que eu mudei de ideia sobre não ficar com ninguém hoje”.

A gente teve uma química tão boa, que não virmos e nem percebemos o tempo passar, até a hora de você ter que ir embora, tinha que voltar para sua cidade e ir para 800km de distancia, foi difícil dizer tchau, pensar que nunca mais iria te ver, que você pegou o meu telefone por educação e só foi eu virar a esquina, que chega a sua primeira mensagem, depois desta, veio dias e dias de conversa fora, depois desta, não ficamos nem de 12hrs sem “falar”, rir, ou enviar pelo menos um emoticon!

Eu que não queira e nem me imaginava me apaixonar por alguém tão cedo e nem que esta pessoa estaria tão longe, nunca imaginaria apaixonar por alguém em tão curto espaço de tempo e nem imaginava que te desejaria tão fortemente!

Ainda não nos encontramos novamente, não paro de imaginar quando e como será, se vai acontecer, já que as coisas por aqui não anda tão fácil, mas quero e desejo com todas as minhas forças, que seja em breve!

💛

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.