II. Desvairada Francine parece que sente

1

Francine limpou a boca e nem ficou constrangida. Era muita revolta pra pouca paciência. Muito ‘foda-se’ pra pouco ‘tudo bem’.

Bzzzzz, bzzzzz — vibra o celular de Francine. Lá vem ela. Parece que sente!

“E aí, sininho? Vamos pedir japa pra janta?”, dizia a mensagem de um número desconhecido que Francine sabia de cor. Puta que pariu, japa seria perfeito.

Bzzzzz. Mais uma, dessa vez acompanhada de emojis com cara de preocupação. “P.s.: Você tá bem? Tô sentindo uma vibe…”

Parece. Que. Sente.

Francine foi pagar a conta e pegou um chiclete de menta pensando em qual seria sua resposta, se é que responderia mesmo. Saiu dali direto pro sol escaldante, que lhe deu tontura. É psicológico.

Enquanto retomava o fôlego e a coragem, colocou um som bem alto nos fones de ouvido pra não pensar em mais nada. E pulou de música. Essa lembra Dulce, a autora das mensagens. Próxima. Putz. Essa também. E a outra. Provavelmente todas. Desistiu.

Em silêncio mesmo, pegou o primeiro ônibus com destino ao apartamento que praticamente havia abandonado. Tinha lugar na janela e duas mochileiras cantavam e tocavam violão (muito bem, é importante frisar).

Três músicas depois, Francine já se sentia melhor. Ouvir músicas diferentes e ainda mais tão inesperadamente num trajeto comum é revigorante. Novas memórias e a constatação de que a vida tem dessas surpresas boas dá esperança. E essa música sobre se molhar na chuva é cativante.

Porque só o que pode acontecer é os pingo da chuva me molhar.

Nisso, uma das cantoras, já expert na arte de arrecadar grana para seguir viagem, passou com um chapeuzinho pedindo colaborações e conversando com os passageiros. Ótima lábia.

Mas, ao chegar perto de Francine, mudou de expressão. De alegre e meio vendedora para curiosamente chocada. Um choque que não dá pra entender se é bom ou ruim. Chegou bem perto e disse:

-Sua vida vai mudar muito mais do que você imagina.


One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.