tá cada um na sua vida

contando histórias pra si mesmo

essa é mais uma daquelas em que

tudo vai bem no começo

há música, flores

de repente, um tropeço

um passo em falso

obriga o recomeço

você tem que

parar

respirar

levantar

e caminhar

eis que, então,

você nota,

no chão,

o reflexo do desprezo:

um espelho quebrado

cacos de vidro espalhados

tudo fora de contexto

alguém vem te acudir e você lá

“ah, nem sei se eu mereço”

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.