Sou minha hipocrisia

Foto: Theatrum Fotografias

Eu me vejo rodeada de corpos nus, com arco e flecha em minhas mãos, pronta para atacar qualquer um que se aproxime. Eu me vejo cercada de sentimentos não compreendidos, porém não permito que compreendam. Eu estaria exposta demais, caso descobrissem que eu sinto. Exijo sinceridade dos outros, no entanto não estou sendo sincera comigo neste exato momento. Talvez seria melhor se eu esquecesse de certos acontecimentos, ou pessoas, contudo, não autorizo que se esqueçam de mim.

Like what you read? Give Pâmella Borges a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.