Amor doentio

O meu amor por você é doentio

Mas não do tipo que machuca os outros

A única vítima sou eu.

Meu amor por você é exagerado, inquieto e outra vez doentio

Já desejei ser um dos teus objetos só para ter o teu toque

Já desejei ser algum familiar só para ter teu carinho

Me sinto presa, assustada e até mesmo doente

Porque coisas minúsculas me afetam e o peso do mundo me faz ser diferente

Like what you read? Give Lizeh Rodrigues a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.