Deixei de tentar de te entender…
Deixei de tentar de te entender, aceito o que reservas para mim...
Quer sejam coisas boas ou más
Não faço planos, mostraste-me que és uma incerteza...
Todos os dias contigo aprendo, surpreendo-me, arrependo-me
Contigo aprendi a valorizar o que realmente inporta...
E se mesmo assim não sei o que devia saber
Então isso tudo começa a tornar-se num grande desperdício...
Deixei de tentar de te entender, aceito o que reservas para mim...
Quer sejam coisas boas ou más
Não faço planos, mostraste-me que és uma incerteza...
Todos os dias contigo aprendo, surpreendo-me, arrependo-me
Contigo aprendi a valorizar o que realmente inporta...
E se mesmo assim não sei o que devia saber
Então isso tudo começa a tornar-se num grande desperdício...
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.