E-mail marketing

Independentemente da área em que sua empresa atua, estratégias de comunicação e marketing são sempre fundamentais para o crescimento e sucesso da empresa. Dentre os diversos planos disponíveis atualmente para tornar sua marca mais presente e atuante no mercado, o e-mail marketing tem se mostrado um poderoso aliados dos profissionais na captação e fidelização de clientes. Quer saber mais sobre a eficácia dese método? Continue comigo.

Definição

O conceito de e-mail marketing pode ser definido como o conjunto de táticas do marketing direto utilizadas na construção de um diálogo com o cliente, sempre se valendo de estatísticas e dados que por ventura possam otimizar as campanhas. É importante se ater ao fato de que para a bem sucedida implementação deste modelo, é necessária a definição de normas e formas de como a empresa atuará. Este, de suma importância, depende de um estudo pré-definido, que deve ser realizado de maneira esmerada.

Divisões

Quando se fala em e-mail marketing, automaticamente surge na cabeça das pessoas a palavra ‘vender’. Todavia, existem diferentes tipos de e-mail que são mais adequados a uma determinada demanda. Separei eles para você:

  • Comerciais: aquelas mensagens que você bate o olho e vê a oferta. Feita justamente com o intuito de atrai rapidamente o leitor. Muito usada no comércio eletrônico, é uma mensagem disparada difusamente, atingindo perfis diferentes.
  • Newsletters: nada mais são do que e-mails informativos empenhados em fidelizar o cliente e oferecer informações relevantes ao público. De grande importância na captação destes.
  • E-mail de serviço ou transacional: o bolo da cereja. É um e-mail construído pessoalmente para um indivíduo ou público específicos, que demandam atenção especial. Começam a ser enviados ao indivíduo assim que este se cadastra no site.

Vantagens do e-mail marketing

Sem dúvidas, no meio corporativo, o e-mail, apesar do surgimento de outras formas de conexão e comunicação(FB, Wpp), ainda figura como a principal forma de interlocução entre empresa e cliente. Atenha-se a isso: no e-mail do cliente, filtrado por opção do próprio, muitas vezes os assuntos com os quais ele tem contato são mais direcionados ao interesse dele. Se ele vir seu anúncio e se sentir atraído, clicará e terá contato com sua ofertas, o que é consideravelmente vantajoso para você.

Entenda a diferença entre SPAM e e-mail marketing

O SPAM pode ser definido como o recebimento de mensagens indesejadas na caixa de entrada do endereço eletrônico por parte do usuário. Pautada na publicidade realizada de forma parcialmente amadora e pouco eficaz, o envio de mensagens não solicitadas é uma das formas pouco sutis e realmente eficientes de estabelecer um diálogo com seu cliente e fidelizar-lo.

No e-mail marketing, por exemplo, a situação é o inverso: é o indivíduo que opta por qual conteúdo receber. Quando eu me cadastro através do e-mail em um site de uma imobiliária com o intuito de ficar informado sobre imóveis disponíveis e preços, consequentemente receberei mensagens dessa mesma imobiliária com algum tipo de mensagem importante. Por fim, quando duas pessoas consentem mutuamente em disponibilizar os próprios e-mails uma para a outra, também se configura um caso de e-mail marketing.

Gostou da abordagem de hoje? Fique ligado, tem muito mais material aqui para te auxiliar. Até a próxima!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.