2 Coríntios 4:18


Escrevi sobre as máculas,

e me eram lúgubres.

Ouvi a entonação das cordas

do teu violão que musicou

em Espírito,

em verdade,

Amém.

Dobrei a letra em miúdos, em um papel de seda;

e pra que te soasse artistico, queimei.

Não obstante da dor, dei nós em pontos de parto cesáreo.

Te foi distópico.

As máculas, proferidas antes, te serviram de escárnio.

Escrevi então sobre a dicotomia deste amor que pulsa e vai além.

Muito mais além.

E tal como 2CO4:18* descreve:

“Fixamos os olhos não naquilo que se vê,
mas no que não se vê. Pois o que se vê é
transitório,
mas o que não se vê é ETERNO’’.

*Referência bíblica.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.