versículos


I

Foram cinco das dez canções

que te compus,

onde me superei.

Saí do meu cobertor e

lembrei a cor da tua pele;

vaguei a caneta sob o papel.

Ainda não era a hora pra te mostrar.

Mas pude me declarar.

II

Num rompante, tomei um beijo teu.

Tua saliva quente,

desceu e foi aderente ao

calor deste amor.

Neste súbito inconstante,

sussurrei ao meu próprio ouvido

as canções.

Guardei-as.

Segui firme.

III

Noutro dia,

esperei que você pudesse

me sugerir alguma palavra.

Não houve.

O que eu te falaria?

Onde tua alma me leva

é onde eu poderia estar.

IV

Tanto buraco nesta

nossa vida.

Partida, é o que você fará.

E,

enquanto você sorria;

decidi que eu é que

iria partir.

V

Neste fim,

que embarga a voz;

seria assim tão feroz?

O amor não foi o suficiente.

E,

se pensou que eu

partiria sem te compor;

surpreende-lo-ei.

VI

Aqui, depois deste espaço,

suspirei.

Pra cantar, que eu,

mesmo que longe,

querido;

Não vou voltar. Mas sempre irei te amar.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.