Olá! Eu sou a Louise.

Caro Recrutador J&J,

Olá! Me chamo Louise Catunda, tenho 27 anos, e sou formada em Línguas Estrangeiras Aplicadas — MSI pela Universidade de Brasília.

Eu já fiz muita coisa na vida, e a que me trouxe maior orgulho foi sair de casa por dois anos para ser Au Pair nos EUA. Foi uma experiência cheia de altos e baixos que tornou uma pessoa extremamente independente, madura e responsável. Meu maior aprendizado nessa aventura foi, sem dúvidas, quando aprendi que a comunicação é a maior qualidade do ser humano. Saber me comunicar abertamente e falar o que penso tornou a minha vida muito mais fácil.

Ainda sobre a experiência de Au Pair, tive um começo de intercâmbio extremamente difícil. Um amigo muito próximo cometeu suicídio no dia em que eu viajei, mas só fiquei sabendo no dia seguinte, quando já estava no hotel nos EUA para o treinamento inicial. Fiquei muito abalada quando soube, e as diretoras do programa quiseram me mandar de volta ao Brasil, mas eu disse que não voltaria porque voltar para casa não o traria de volta. Os meses seguintes foram bem difíceis, mas tive a sorte de poder contar com uma coordenadora local que foi como uma mãe para mim, tanto para me consolar quanto para me dar broncas quando era necessário. Ela foi um porto seguro para mim e, por conta disso, deixei a tristeza de canto e comecei a realmente viver minha vida lá como deveria. Sou muito grata por tê-la conhecido.

Meus amigos costumam dizer que sou uma pessoa muito forte e adulta, acho que no sentido de maturidade. Mas também tenho uma amiga que já me disseram que sou a pessoa mais feliz que ela conhece, porque vejo o lado positivo das coisas antes de ver o negativo, se houver. Creio que essa última característica eu tenha aprendido com meus pais, que também riem muito e fazer piadas com qualquer assunto. Somos todas pessoas “bestas” (desculpa, não há palavra melhor), que sempre acham um motivo pra achar graça na conversa. Meus pais dizem também que eu sou muito inteligente, e devo dizer que estão certos em parte, afinal de contas eu nunca reprovei uma matéria da faculdade por causa de notas baixas.

Quando não estou estudando, estou sempre fazendo outra coisa, pois não gosto de ficar parada. Ultimamente, tenho pesquisado bastante sobre Design Gráfico, pelo qual desenvolvi muito gosto recentemente. Também tenho uma paixão enorme por teatro musical, e gosto de pesquisar o que está sendo produzido no Brasil, na Broadway, e o que está nos planos para o futuro. Quanto a séries de televisão, vejo algumas policiais, como “Law and Order”, e fantasiosas, como “Game of Thrones” e Stranger Things”. Penso que essas últimas me permitem sair da realidade por um espaço de tempo e me perder em histórias que me fazem pensar em qualquer coisa fora do mundo real, além de ajudarem a desenvolver a criatividade.

Agora, profissionalmente falando, eu quero ser Trainee J&J porque vejo na empresa uma oportunidade de crescimento e valorização da minha pessoa enquanto profissional. Penso que uma empresa desse porte vai me proporcionar experiências que não seriam vividas em outro lugar, e também vai me desafiar para que eu possa agregar conhecimento à minha vida profissional e trazer benefícios e resultados positivos para a empresa. Eu espero que o programa me dê a liberdade e o incentivo para ter ideias fora da caixa, e também que reconheça o meu esforço e trabalho bem feito.

Quando eu não estiver mais aqui, quero que as pessoas vejam um projeto incrível e inovador e saibam que fui eu que fiz. Quero que pensem: “Sabe a Louise, aquela que criou aquele projeto maravilhoso que é inspiração para todo mundo? Quero ser que nem ela um dia. Quero que falem de mim do mesmo modo que eu falo dela.”

Essa, para mim, seria a maior realização de uma vida inteira de muito estudo e trabalho. Espero que me admirem um dia assim como admiro outros grandes seres humanos que fizeram diferença em suas áreas.

Espero que agora você já tenha uma ideia melhor de quem eu sou e de quem ainda quero ser. Se tiver alguma dúvida, estou à disposição.

Cordialmente,

Louise F Catunda