Da pra ser intensa e pragmática?

Eu me pergunto se sou bipolar ou se tenho borderline, como posso mudar de emoção tão rapidamente? Acho que sou só estranha mesmo, ou uma decepcionado com a expectativa que crio sobre as pessoas agirem conforme certas regras da educação, bons costumes, empatia e altruísmo.

Uma colega no trabalho diz: – Com a Luana, é do céu ao inferno em 5 minutos, e isso me fez pensar bastante sobre essa instabilidade de humor que tenho..

Realmente cheguei a questionar com minha terapeuta se eu não tinha nenhum desses dois distúrbios e ela riu da minha cara, literalmente. 😒

Em geral sou uma pessoa muito brincalhona e de alto astral, não precisa conviver diretamente comigo para ver isso, mas também quando estou mal, o dia acaba e como péssima mentirosa que sou, fica estampado na minha cara 😐

Conversei com uma outra colega do trabalho que me acalmou, ela virou e disse : Luana, você é uma pessoa prática demais e com o pensamento bem acelerado , por isso vc aprende as coisas mais rápido que a gente, mas isso faz vc também acelerar e já traçar toda uma ordem de análise e processo das situações… que nem sempre as pessoas conseguem acompanhar.

Quando parei pra pensar, é bem isso…

Tenho como lema de que a sinceridade é a melhor coisa na vida então a partir dela tudo flui de uma maneira pragmática.

Sou assim, sincera, porém intensa… dou uma gargalhada gostosa, canto na rua se gosto de uma música, xingo até a terceira geração de quem pavimentou aquele degrau na rua que eu não vi e quando gosto de alguém eu examino cada pedacinho daquela pessoa, o conjunto da obra que talvez tenha me chamado a atenção incialmente fica em segundo plano e desmembro aquela pessoa em detalhes de atenção… (ficou um pouco creepy mas não sou uma psicopata)

O que também acontece com aquela pessoa que me magoou… cada detalhe ou defeito fica mais evidente…

Aprendi que a vida é muito curta para perdermos tempo com joguinho ou mentiras, mas muita gente ainda vive isso..

Eu não vou perder meu tempo nisso, como dizem: É preto no branco.

Sei que isso pode atrapalhar um pouco minha vida, principalmente no quesito de relacionamentos amorosos, mas sim eu me programo antecipadamente para situações e eventos, levo a sério datas e compromissos e sim, me importo em dar feedbacks e alinhar as expectativas.

Na vida eh tudo um grande kanban,na minha pelo menos ..

Por isso eu falo das minhas expectativas e vc fala das suas certo? Errado! Aí que eu me ferro na história toda, não é todo mundo que tá nesse ritmo de já processar e entender a situação.

Essa intensidade e pragmatismo pode me prejudicar, mas também me ajuda.

Ao ver que as coisas não estão seguindo um ritmo saudável, eu da mesma maneira que mergulhei… eu saio da água. Aquilo que um dia tirava meu sono ou fazia meu coração palpitar, hoje pode ser um grande “shrugs”. Me precipito as vzs? Isso faz de mim uma pessoa fria? Insensível ? Talvez, mas ao mesmo tempo, pareço estar me contradizendo…

É o que sempre digo de situações frustrantes, me dá uns dois dias de intensidade que resolvo isso e vida que segue…

Pensar intensamente o que foi bom e o que está ruim faz com que as situações possam ser absorvidas mais rapidamente , processadas e com espaço para outras.

Confesso que tenho um pouco de medo do que posso a vir me tornar.. alguém tão fria que desistiu das emoções e se ateve aos fatos e que só sente as emoções quando são minhas ?

Não sei, mas enquanto isso, vamos seguir o baile…

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.