“O Nerd Padrão é Imbecil e Preconceituoso”
JMTrevisan
75152

Parabéns pelo texto. Sou jogadora assídua de MMORPG e atualmente também comecei a jogar RPG de mesa, além de sempre ter sido apaixonada por ficção científica, fantasia e animes. Sinto na pele esse tipo de situação que tu descreveste no texto, esse comportamento normalizado de que mulher só consegue o que quer por ser mulher, sem nunca se esforçar pelas coisas — no caso dos jogos, por exemplo. Nos outros âmbitos da cultura nerd essas atitudes também são frequentes; temos que estar, a todo momento, provando nosso “merecimento” de estar ali, inseridas naquela cultura tão popular, mas, ao mesmo tempo, tão fechada. O machismo, além de estar constantemente presente na minha vida profissional, familiar e social, está, infelizmente, entranhado também nos meus hobbies — o que cansa bastante; nem nas atividades das quais participo por puro prazer estou livre de ser discriminada. Espero que sejamos respeitadas da forma como merecemos, parando de ser tratadas como seres inferiores ou que não deveriam estar ali, ouvindo que temos que ir cuidar da casa ou dos filhos e que ali não é nosso lugar. Acredito que esse texto vai contribuir bastante para abrir a cabeça de algumas pessoas, especialmente por vir de alguém de respeito nesse meio. Torço para que isso aconteça.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.