A corrupção nossa de cada dia

A #corrupção é mais velha que eu [1], e tem gente que acha que tirando o #PT iria resolver alguma coisa. Mudam as cartas, os jogadores continuam os mesmos.

Fazendo uma analogia a um sistema (software) virtual, nosso sistema político está literalmente corrompido, falho, e assim como um sistema virtual precisa ser reescrito, corrigido.

Nosso sistema político precisa de novos códigos (leis), para prevenir as falhas no sistema (corrupção, abuso de poder, impunidade, parcialidade, favorecimento ilícito de políticos, partidos e empresas).

Neste momento os políticos, partidos e empresas corruptas são comparáveis a virus no nosso sistema.

Eles se beneficiam de um modo que sem as brechas e falhas do sistema político, não seria possível.

Neste momento estas pessoas estão lutando para assumirem / se manterem no poder, para não serem punidas pelos seus crimes, e também para manter estas brechas abertas, para continuarem explorando.

Não existem deuses ou diabos nesta história como a mídia prega, candidatos de todos os grandes partidos estão igualmente envolvidos. Escapam alguns candidatos de partidos como o PSOL.

Empresas corruptas como a #globo, cujo proprietários constroem em areas de reservas ambientais [2], alem de sonegar bilhões de reais em impostos [3], tentam manipular a opinião pública com notícias que demonizam um lado da história (PT) e poupando o outro lado (PMDB/PSDB) ao máximo possível.

A intenção é derrubar o governo estabelecido, que pouco está influenciando nas investigações / punições da lava jato, com a desculpa de acabar com a corrupção.

Isto é uma completa mentira, pelos seguintes motivos:

* a começar pelo fato do processo de impeachment estar sendo presidido por Eduardo Cunha, cujo está sendo julgado na Lava Jato (ela já foi denunciado e virou réu no STF [4]).

* não pesarem denuncias, muito menos provas de crimes de responsabilidade ou corrupção contra a presidente Dilma. O argumento inventado para o impeachment foram as pedaladas fiscais, que não são crimes até o momento, e foram realizada por mais de 16 outros governadores estaduais atualmente, alem dos presidentes anteriores.

* o próximo partido na linha de sucessão é o PMDB, tão corrupto como o PT, e com interesses SÓLIDOS em engavetar as investigações, já que Eduardo Cunha e Renam Calheiros (ambos do PMDB), respectivamente presidentes do câmara dos deputados federais e do senado, estarem diretamente atolados nas investigações, ao contrário de Dilma (PT).

Na minha opinião o melhor a fazer é manter o governo já estabelecido, cujo todas as investigações / julgamentos estão acontecendo (mesmo com os evidentes vazamentos seletivos, que prejudicam o próprio governo, o que nos diz que ele pode pouco influenciar no caso).

Derrubar o governo agora poderá sem dúvidas (e na minha opinião irá) enfraquecer as investigações, julgamentos, punições. Pois o novo presidente (PMDB) poderia mudar ministros (da justiça por exemplo, que tem poder sobre a polícia federal), ou até mesmo do STF.

Ainda na analogia do software, imagine trocar toda a equipe de desenvolvimento de software de uma hora para outra para corrigir os bugs, iria dar merda possivelmente.

A segunda e mais importante coisa a se fazer, para realmente acabar (minimizar, ela nunca vai acabar, afinal, me fale sobre aquela declaração de imposto de renda…, ou aquele troco errado, ou aquela carteirinha de cinema…) com a corrupção, é exigirmos/realizarmos uma REFORMA POLÍTICA, que crie novas leis e mecanismos, para previnir, punir duramente políticos e empresas corruptas.

É sobre isso que a mídia deveria estar falando todos os dias, é sobre isto que todos nós deveríamos estar nos manifestado/protestando. Trocar o time sem mudar as regras do jogo, não vai mudar os resultados em nada. É apenas uma fantasia, uma mentirinha para as mentes que não conseguem realmente compreender o problema.

[1] http://extra.globo.com/noticias/brasil/contabilidade-da-odebrecht-indica-pagamento-de-propina-desde-os-anos-1980-18938164.html

[2] http://www.ocafezinho.com/2016/03/06/rolezinho-no-triplex-da-globo-em-paraty/

[3] http://www.cartacapital.com.br/blogs/intervozes/por-que-a-divida-da-globo-nao-e-manchete-de-jornal-670.html

[4] http://brasil.elpais.com/brasil/2016/03/02/politica/1456932695_404481.html

http://extra.globo.com/noticias/brasil/contabilidade-da-odebrecht-indica-pagamento-de-propina-desde-os-anos-1980-18938164.html

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Lucas de Avilla’s story.