Leitura da semana (3)

Boa noite, pessoal!

Como estão as coisas, tá tudo sussa? Mais um sábado, chegamos no final da semana e vamos para as três leituras mais bacanas dos últimos dias. Desta vez eu trouxe três textos bastante distintos. Cada um se baseia em uma mensagem diferente, e também em distintas formas de transmiti-las.

Vamos para as leituras!

Título: Só agradecer
Comentário: este é um texto que descrevê-lo é fazer com que ele perca o encanto. A premissa dele é baseada na gratidão de tudo, absolutamente tudo. Pelo que somos, pelo que vivemos, pelo que fazemos e pelo que temos. Este está, sem dúvidas, entre os dez que mais me fizeram sentir uma energia positiva de verdade. Recomendo a leitura a cada um de vocês, considerando principalmente o tanto que reclamamos das mais diversas coisas em nosso cotidiano, e muitas vezes esquecemos de agradecer a vivência de tantas experiências incríveis. Leiam, apenas isso.
Link: http://www.entendaoshomens.com.br/hoje-eu-so-quero-agradecer/

Título: Você precisa escolher um lado?
Comentário: essa é uma aula camuflada de postagem. Parto do princípio que é uma aula, pois quando cita-se frases de grandes professores existentes no país e no mundo, como por exemplo Leandro Karnal e o Papa Francisco, não tem como dizer que não é uma aula. Este texto reflete, e muito, o momento que estamos vivendo em nosso país. A escolha deliberada de lados, atrelada ao extremismo junto à uma argumentação onde o intuito, muitas vezes, é apenas o de ganhar uma discussão. Pouca gente está preocupada em se colocar de fora, aprender o que ambos os lados debatem na tentativa de “revisar” a sua própria opinião. Uma maioria esmagadora se enxerga como detentores do saber, e todos vemos isso, principalmente, no Facebook. Guerras virtuais para todo lado. Batalhas em campo por defesa de ideologias. Vale a leitura!
Link: http://www.revistaplaneta.com.br/voce-precisa-escolher-um-lado/

Título: O medo de ter uma vida comum
Comentário: neste texto o Luciano faz uma reflexão incrível acerca da vida comum que cada um de nós vivemos. Comum, e repleta de tentativas de mudança, melhorias, crescimento, mas sobretudo comum. O curioso é que o problema não está nessa normalidade, e sim talvez no excesso de tentativas de combater isso. Ninguém precisa ser muito mais, desde a satisfação se faça presente. O propósito dessa leitura não é ensinar, mas sim refletir. Tenho certeza que vocês irão gostar.
Link: http://papodehomem.com.br/o-medo-de-ter-uma-vida-comum

Tirando o segundo texto, acredito que os demais sejam de rápida e leve leitura, juntamente de um aglomerado de informações reflexivas e positivas para terminarmos/começarmos a semana bem. Lembre-se de que nem tudo que lemos, precisamos extrair o tal do “o que ele quis dizer com isso?”. Em alguns momentos a reflexão foi deixada de forma proposital, para que digamos algo mediante as experiências vividas por cada um de nós.

Por hoje é só, meus amigos. Espero que vocês tirem bastante proveito dessas leituras e que sejam tão boas para vocês, como foram pra mim. Estou ao dispor de cada um, caso desejem discutir as mensagens.


Se este texto foi, de alguma forma, útil para você, clique no “recommend”, logo abaixo, para indicá-lo a outras pessoas também. O que foi bom para você, com certeza pode ser bom para os demais. Muito obrigado!
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.