Me fale de seus fracassos, te responderei sobre aonde você quer chegar.

Fracassos devem servir como os blocos que alicerçam nossa convicção.

Curiosamente este texto é fruto de não uma mas duas tentativas fracassadas de escrever sobre o tema. Há tanto o que explorar sobre isso que a vontade era de colocar 3 discursos diferentes no mesmo texto. Por fim decidi me por este que gira em torno do fracasso ser o alicerce da convicção.


Alicerces são a base estrutural das construções, seja um sobrado, um prédio ou um arranha-céu. Não vemos essa parte da estrutura, assim como não vemos os fracassos na vida daqueles que tiveram sucesso, mas ela está lá e assim como eles foi construída antes de qualquer outra coisa.


Antes de continuar, vamos diferenciar o homem que fracassou e o homem fracassado. O fracassado só existe dentro da sua própria cabeça, porque não acredito que exista fim da linha para nenhuma pessoa. O homem que fracassou é aquele que consegue seguramente olhar para seu passado, e também presente e reconhecer suas falhas. Admitir que o caminho tomado não foi o melhor e então deve fazer uma correção de curso.

O fracasso pode ser um curso de faculdade mal escolhido, uma compra feita por impulso, uma escolha leviana de carreira. Qualquer coisa que te cobra uma mudança de curso. Em um futuro próximo quero falar mais sobre essa cobrança, mas por agora vamos voltar ao alicerce e convicção.

Os seus fracassos formam uma imagem subjetiva daquilo que você deseja. Se um emprego dos sonhos é o que você tanto quer. Espero te ver experimentando muitos cargos e empresas. Se assim como eu você deseja ter seu próprio negocio, sinta-se a vontade para quebrar o meu recorde de falências, estou na minha terceira.

E cada vez que você consegue realizar que um desses blocos foi devidamente colocado em seu lugar. A sua convicção para alcançar seu objetivo se torna mais sólida. Você então realiza que esta mais completo, mais próximo do seu objetivo, e claro, pronto para a próxima pedra.

Quanto mais blocos nesse alicerce você acumular, mais sólida vai ser a sua construção final.

Um conselho para encerrar. Não se contente com o seu sucesso atual. Se disponha a colocar cada vez blocos maiores, para que a sua convicção esteja apta para aguentar um arranha-céu de conquistas.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.