Ler é sentar com a alma para conversar

Lucas Bezalel
Sep 24, 2018 · 2 min read

Ler, mas ler de verdade, se assentar em um sofá, cama, ônibus ou seja lá qual for o lugar para ler um livro, é um exercício constante de paciência, submissão, solitude, ternura e calma.

Respeitar, as vírgulas, os acentos, os pontos. Os pontos finais.

Respirar, pausar, pensar até que a página acabe, até que o capítulo termine, até que a história faça sentido, até que o fim se achegue.

Meu espírito anda tão agitado nos últimos dias que me assentar para ler um livro foi uma tarefa profundamente difícil. Ao virar duas páginas, meu batimento cardíaco se alterou, minha respiração se tornou ofegante, a vontade de pegar o celular para ver se havia uma notificação, abrir o email para ver se havia alguma resposta, ligar o notebook para terminar algum trabalho era perturbadora.

Nunca me acostumei com e-book e eu amo sentir o cheirinho dos livros e senti-los e segurá-los e ter uma biblioteca. Estou lendo quatro livros simultaneamente mas nunca foi tão difícil parar para apreciar as palavras como hoje foi.

Percebi então que ler, é sentar com a alma para conversar. Após uma luta gigantesca que durou algumas horas, me senti mais calmo, mais paciente e mais observador que antes.

“Eu sempre imaginei que o paraíso seja um tipo de livraria”
– Jorge Luis Borges

Aproveitando esse acontecido, gostaria de incentivá-lo: Leia! Pegue um livro e leia, leia até que seu espírito se perturbe para jogar o livro longe e correr para o mundo digital que consome seus neurônios com conteúdo excessivo, notícias falsas, pessoas aparentemente bem sucedidas e memes repetitivos!

Leia até que sua alma grite por mais netflix, mais entretenimento, mais depressão, mais lágrimas, mais ansiedade, inquietude, insegurança, medo e pavor.

Leia até que toda essa perturbação e gritaria acabe, até que permaneça o som das palavras, dos textos, das crônicas, das histórias, dos personagens contados pelo narrador de sua própria história.

Leia até que se vá, toda ansiedade e fique aqui, toda…

…inteira alma, perfeita calma.

Se você leu até aqui, é porque na realidade, você se sentou com a sua alma para conversar.

Lucas Bezalel

Written by

Um Paulista Curitibano, Consultor de Marcas para Igrejas e Empresas, Compositor, Designer Gráfico, Escritor, Multi-instrumentista, Palestrante, Polímata.