O que aprendi com essa história da Bel Pesce

Se ela é uma empreendedora incrível ou deu uma de Omar Khayyám, não é o principal que aprendi em toda essa história. O que aprendi é que as pessoas não conseguem entender o conceito de honestidade — defendendo ou atacando ela.

Sabe por quê? Tem gente defendendo aquela história babaca de “mentirinha branca”. Dizendo que não tem problema em “Perfumar um CV. Quem não faz?”.

Mentira é mentira. É errado. (Se ela fez isso, já é outra história. Visite o post linkado abaixo pra essa treta).

Se ela fez isso ou não, pra mim, já deixou de ser o principal ponto de decepção dessa história. Agora o problema é ter que ver por que a gente tem um monte de problemas: babacas acham que existe desonestidade aceitável. Todo mundo quer achar uma justificativa para validar a malandragem.

E isso é muito triste.

Babacas.