Os ‘ratos’ venceram

Quarta-feira, 31 de Agosto de 2016. Já acordei bem cedo, já zoado e parece que o mundo também; tempo ruim, garganta doendo, frio…. e ainda vai começar aquela votação às 11.

A votação, cara! Não diga que não tá sabendo. Aquela onde Deus faz parte de um processo jurídico. Onde ~a minha família~ foi citada mais vezes que o povo, onde os acusadores são os criminosos e a acusada…. A acusada é uma só. Estranho, né? Temos centenas de políticos, e também centenas de corruptos, e todo esse alvoroço é pra substituir apenas um deles, que por uma ironia que só se encontra no Brasil em todo o sistema solar, é inocente.

Fui trabalhar. Nem acompanhei nada na internet. Preguiça, cara. Suco de preguiça com sabor impotência e a sensação de que tudo carinhosamente vai começar a andar para trás. Carinhosamente porque essa mudança de direção vai ser super amparada por gente que não quer de jeito nenhum que você entenda o que está em jogo nesse momento.

Uma foto chega no Whatsapp. E é uma tirinha ilustrando ratos fincando a bandeira do PMDB no planalto. Nesse momento a preguiça deu uma sumida e deu lugar a uma consternação: os ratos venceram?

É claro que não, caralho. Os ratos somos nós. Eles são os gatos, tigres, leviatãs, F-22 e a porra toda. Quem é rato politicamente é o povo, uai. Não concorda? Então vá ver as contas da galera de lá e prove a si mesmo quem é que vive de migalhas, quem tem que se virar como a caça, quem tem que se rastejar pelas ruas fedendo a esgoto e quem voa com “açúcar importado” por aí. Pense nisso enquanto você também volta derrotado pra sua toca.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Lucas Gouvêa’s story.