Entrevista
SantosJr
398

Belo texto SantosJr, um lembrete de que sempre nos apaixonamos primeiro pela nossa própria idealização do perfeito. Daquilo que achamos ser sobre a pessoa em questão. Talvez o segredo seja se conscientizar disso…

De nos preencher primeiro, para que o amor transborde e não só complete.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.