Perenidade
a.cx.punk
152

Esse poema é muito bom!

Gosto quando a arte assume a forma de um lembrete: Me lembrando que a vida é um sopro, e que por consequência, a vaidade é insignificante.

Like what you read? Give L. Nicolai a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.