Liberta Quae Sera Tamen
Gawiga
52

Uma vez meu professor contou uma história quando ele dava aulas de teatro para as crianças da comunidade pobre aqui da cidade. Muitas vezes essas crianças eram vítimas de abuso, violência, então algumas eram revoltadas e tristes com as pessoas/mundo.

Meu professor com outra educadora proporam um exercício de desenho onde o tema era LIBERDADE, e muitas das crianças começaram a desenhar pombinhas brancas e passarinhos voando, (o que é esperado da mente juvenil… querer encontrar isso no céu! Em pleno vôo!)

Até que…

Um menininho não quis desenhar merda nenhuma.

Os educadores muito pacientes chegarem nele e questionaram:

— Você não quer desenhar com seus amiguinhos? Olha os belos passarinhos que eles estão fazendo!

Então o menino respondeu:

— Não. Eles não entendem nada! Pombas e passarinhos não podem ser livres!

— Como assim?

— Porque eles tem que parar pra comer, dormir, e para fazer cocô né? Então eles não podem voar por aí a hora que quiser…

Então os pobres mestres engoliram a seco. Não havia resposta

— Tudo bem então… pode ficar aí quietinho brincando do que quiser ;D

Muita coisa foi aprendida nessa aula, e eu não estou falando das crianças!

Like what you read? Give L. Nicolai a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.