Empreender não é virar a noite comendo pizza

E ter foto disso no Instagram não te faz um empreendedor.

Empreender está longe de trabalhar pra si mesmo, de ser o próprio chefe ou ter liberdade pra trabalhar quando quiser. Empreender não chega nem perto de um hobby. Também é não fazer uma camiseta ou adesivo da tua startup.

É uma montanha russa infinita cheia de altos e baixos. Algumas pessoas gostam de andar uma vez só, outras entram 15 vezes na fila e outras gostam tanto que preferem construir elas.

É aguentar porrada pra caralho. Tu apanha de todos os lados, dos sócios, dos investidores, da família, dos amigos e até o cachorro as vezes fica meio chateado que tu não dá atenção (nem comida) pra ele.

É ter um pouquinho de vergonha do produto e querer dar aquele toque final que na real vem daquela insegurança que as pessoas tem de colocar qualquer projeto pra rua com medo do que as pessoas vão achar.

É não ter medo de errar. É levantar da cama e acreditar que o que tu tá fazendo tem um propósito e ele tá de acordo com todos os teus valores. É querer criar o próprio legado e mudar o mundo junto com ele.

Empreender é fazer coisas. F-a-z-e-r.

Vai lá! Faça coisas. Empreenda. É massa.


Se tu curtiu o texto e quer que ele chegue em mais pessoas, clica por favor em “recommend” -❤ — ali embaixo. Ajuda bastante :)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.