verão antes do horário

verão acabou antes do horário
atrasei automaticamente todos os
relógios analógicos da cidade pra
não ver o tempo se perder
como se perderam meus dedos ao encontrar bronzeadas
as sardinhas dos teus ombros
como perdi o azul do dia a dia depois que teu olho levou
listei todas as minhas manias
e a mais nova delas é transformar o calendário
em labirinto de domingos
só faltam alguns pra gente se encontrar
e casar e morar
numa casa de cartas
não que exista dimensão entre o que sinto
entre o caminho e as coisas no chão da sala
às quartas quentes
antes de mais nada dizer que
não meço esforços, não meço o tamanho do nós
mas caberia exatamente entre teu pescoço e cabelo
e dormiria ali.
os verões acabariam, os invernos passariam
e eu continuaria atrasando relógios analógicos
pra viver em ti.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Lucas Schwantes’s story.