Os melhores fazem o simples

Bayern de Munique e Real Madrid se enfrentaram hoje pelas quartas de final da Champions League na Allianz Arena. No primeiro tempo, o time da casa dominou as ações ofensivas e Arturo Vidal foi o destaque. Aos 25 minutos de jogo, Thiago cobrou escanteio, o chileno conseguiu se desmarcar de Nacho e cabeceou sozinho para o gol. Já no fim da primeira etapa, Ribéry finalizou e a bola acabou desviando em Carvajal. O juiz assinalou pênalti e Vidal desperdiçou.

Logo aos 2 minutos de primeiro tempo, Carvajal acertou um belo passe para Cristiano Ronaldo dentro da área finalizar de primeira e marcar um belíssimo gol.

Desestabilizado e precisando sair para o ataque, já que o Madrid com um gol marcado fora de casa já estava em vantagem, o Bayern teve que se abrir e acabava cedendo o contra-ataque para os Blancos, que jogaram de preto hoje. Num desses contra-ataques, Javi Martínez fez falta em Cristiano Ronaldo, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Inicialmente, Xabi Alonso foi para a zaga, mas o meio-campista logo deixou o campo para a entrada do também espanhol Bernat. Assim, Alaba iria fazer a dupla de zaga junto com Boateng e Bernat cairia na lateral-esquerda.

Com um jogador a menos no meio campo, Zidane tratou de tirar Bale e colocar Marco Asensio para povoar aquele espaço. Pronto. O Real Madrid passou a dominar o jogo.

Asensio ainda seria o assistente do gol da virada. O espanhol recebeu a bola após troca de passes e cruzou para Ronaldo ganhar de Bernat e empurrar para o gol. A bola ainda passaria debaixo das pernas de Neuer, que no lance interior fez uma defesa cinematográfica em chute também de Ronaldo.

Os 3 gols da partida saíram de bolas jogadas na área. Até para fazer o simples você precisa dos melhores jogadores. Ou os melhores jogadores é que fazem o simples?