Espelhando-se

The false mirror, René Magritte

Espelho
esse grande desconhecido
olhar cristalino, impenetrável
enigmático
indecifrável.
Decifra-me ou devoro-te
antropofagicamente
consome minha auto-imagem
digere e devolve
algo que não reconheço.
Na dúvida
se sou eu ou se é ele
o espelho
faz graça
e disfarça-se em mim
e eu nele.
Já não me vejo, vejo outro
o espelho sou eu
mas não sou eu no espelho.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.