[#13] O AMOR NÃO É POSSE

Google images.

Quando o homem ama uma mulher compartilha tudo com ela: propriedades, problemas, alegrias. O homem não a domina, ele partilha tudo o que é.

Não existe o dever, a obrigação de amar e fazer sexo conforme a vontade de um ou de outro.

Não se deixam dominar pelo o direito e o dever. Não permitem que no lugar do amor, as regras se tornem mais importantes do que a afeição.

Posse, controle são da mente, do ego. O amor não é mente.

A mente é tudo que nos enche, mas, não preenche o coração. A mente é o desejo de ser alguém, é o cíume, a inveja, a ambição, querer ardentemente ser alguém.

Menos mentira da mente que acumula e faz o fardo pesado, e mais a realidade da simplicidade e leveza do amor.

Texto inspirado na leitura do “Livro da Vida: 365 meditações diárias “— Jiddu Krishnamurti.


Caso tenha se sentido tocado em algum momento nessa mensagem ficaria feliz em poder contar com a sua contribuição, para fazê-la chegar para outras pessoas. Basta clicar no ❤, e ou, compartilhar em sua rede. Felicidades, amor, paz e iluminação para todos nós.