Captação

Há coisas impassíveis

Difíceis

De se lecionar.

Acasos imprevisíveis

Impossíveis

De selecionar.

Mistérios incompreensíveis

Tão intangíveis

De se solucionar.

Interferências imperceptíveis

E inexprimíveis

De se alucinar.

Imerso nesse imenso omisso

Uno versos em que penso nisso

Observo o que me serve

E o que, de fato, me é nocivo

E conservo o que é breve

Num retrato expressivo.