Meu dano mundano

Sempre quando a carne, enfim, é fraca

E o melhor caminho é o caminho contrário,

Ao menos, a loucura em mim é farta

E, sendo assim, quase nada me é páreo.

Mas, antes que eu perca para a minha própria dor,

Canto pra que a sina seja completa.

Pois, se até um santo é pecador,

Meu caro,

Quem dirá um poeta.