Primeira viagem

Após duas semanas no campus foi tempo de começar a explorar o estado Tamil Nadu (estado de Chennai). O destino escolhido foi Mahabalipuram (demorou 3 dias a falar sobre este sitio para aprender como escrever e pronunciar).

Embora Chennai tenha um praia com 13km seguidos sendo classificada com the world’s first longest natural urban beach pelo que ouvi dizer não é muito própria para banhos pela falta de limpeza não só do areal mas… da água. A cidade mais próxima com uma praia decente é Mahabalipuram.

Depois de uma viagem de 2h num autocarro com AC natural (janelas abertas) que custou menos de 1.5€ lá chegamos e pela primeira vez vi turistas europeus. Pelo que percebi em conversa com indianos a cidade é um dos grandes destinos do Sul da Índia pelos templos e pela praia.

Ser turista por lá resumiu-se a ver um parque com dezenas de templos e mergulhar na praia. Nadar pela primeira vez no Indico revelou-se mais difícil do que esperava. A corrente e as ondas eram bastante fortes e não faltou o escaldão no final do dia. Foi também curioso ver os indianos e indianas entrarem na água com a roupa toda. Pelos vistos calças de ganga fazem de calções de banho por cá.

Uma das melhores partes da viagem foi a guest house que ficamos. 5€ por noite deu direito a um quarto com vista para o mar e a 1 minuto da praia. Era abrir a porta do quarto e estar numa varanda com a vista da foto.

Cá existem vacas em todo o lado…até na praia.

Pela primeira vez levantei-me de propósito para ver o nascer do sol (eram 6h da manhã) com o grupo entusiasta das fotos com câmaras a sério. Teria valido completamente a pena se o céu tivesse limpo… mas mesmo assim não havia câmara que conseguisse captar o momento.

Nascer do sol no Indico.
Like what you read? Give Luís Alves a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.