Descontentamento

Examino-me

E surge um algo que não encontra mais espaço pra ser contido no peito.

Que de tão reprimido, reage em sua natureza impetuosa, doendo

Incomodando, perturbando

Se fazendo notado mesmo quando tenta ser esquecido

Na ilusão de ótica do mundo real em que vivo

Continuo minha leitura do livro, no café movimentado, tranquilamente ignorando o oceano de sentimentos revoltos que em mim gritam num eco cardíaco

Dias tristes e vazios

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Luiza Rosa’s story.