Os anjos não podem segurar na mão de deus II

Os anjos não podem segurar na mão de deus II 
[óleo sobre tela — 70 cm x 50 cm]
2016

Trazer um autorretrato do meu corpo para a tela pode mesmo ter um significado maior de um artista-homem desenhando uma mulher, os pesos são diferentes. Talvez essa apropriação, do corpo do outro, crie desenho sem matéria e sem peso.

Riscar o corpo diante do espelho fez lembrar cada cicatriz interna que carrego comigo. E o risco já é maior agora que a tela termina, depois do aumento da espessura e o mutilamento dos membros, o desafio da montagem de opiniões inicia nas nossas mentes. Mas, o que é a figura humana que se resume em ponto, linha e plano?

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.