Haja desafio para o movimento sindical

Leituras inquietantes nestes dias pré carnavalescos: a intensificação da automação, para além dos robôs e a também intensificação de novas formas de organização do trabalho.

O primeiro, texto curto e leve, mostra como Trump vai ter alguma dor de cabeça com o seu discurso de campanha contra os imigrantes. Não são eles que roubam os postos de trabalho dos norte americanos e sim as novas formas de automação.

O segundo, mas longo e denso, aprofunda o conceito de “uberização” do mercado de trabalho para bem além do recente serviço de transporte. Trazendo uma interessante provocação: o papel dos consumidores como os responsáveis por parte da gestão destes serviços.

Apesar de inquietantes e desconfortáveis são leituras necessárias para quem lida ou se interessa pelo “mundo do trabalho”. Acesse clicando em http://bit.ly/2mcAzPt e http://bit.ly/2lKHb6F.