Fotos que a História Muda

Quem souber o fotógrafo me avise para eu creditar

Quando a gente tira uma foto, pega um momento específico. Mas já pensou rever uma foto depois e ver que ela, que era bem normal, ficou incrível?

Não foi tratamento de imagem, foi a história da foto que mudou.

A foto que abre o texto foi tirada em 2015, na segunda posse da Dilma. Naquela época, era só ela pegando a faixa e o Temer com um sorriso discreto. Nada demais.

Dois anos depois, ela virou a foto que o vice estava sonhando com o cargo que ele alcançaria.

O tempo transformou uma boa foto em uma foto incrível. Sem ninguém precisar encostar na imagem. “Só” a história mudou.

E essa não é a única foto assim.

O Marcello Brum me lembrou, no Twitter, de uma outra imagem que mudou depois de ser clicada.

Em 8 de dezembro de 1980, um fotógrafo amador chamado Paul Goresh tirou a foto de um famoso músico, na porta de casa.

Seria uma foto comum mas, menos de 6 horas depois, ela virou uma das últimas foto de John Lennon. E pra deixar a imagem ainda mais importante, aquele cara na direita foi o assassino do músico.

Fotos são imagens estáticas, de um momento específico. Mas podem mudar com o tempo.

>Sem política, por favor. A ideia é falar da foto, não começar uma discussão.<

Se alguém souber o fotógrafo que fez a imagem da posse, me avise para colocar o crédito. Não achei em lugar nenhum.

Like what you read? Give Luiz Filipe Carneiro Machado a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.