Quase
Vinícius Prestes
61

Gostei do fluxo de consciência acompanhando a escrita. Dos temas que se repetem com autores diferentes no texto. Eu colocaria um elemento sobrenatural na história. Mas apenas porque tenho uma certa obsessão por certos temas, e portanto escrevo quase sempre certos tipos de histórias. Será que Edgar Allan Poe tinha obsessão por alguns temas? O que estou dizendo? É fato notório que tinha! :)

Like what you read? Give Luiz Hasse a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.