Te amo

Estou num dos momentos sensatos de que comentei. 
O momento em que consigo “te amar lhe desejando o bem”, lembra? 
Pois é. 
Digo isso porque, nesse momento eu te amo não te querendo pra mim. Não te querendo por perto. Mas te querendo o bem. Te querendo paz. 
Nesse momento, te amo. Te amo porque te vejo e não sofro, te amo porque feliz ou triste, sorrio por te ver sorrir. 
Nesse momento, te amo…pelo menos até o final do dia. Pelo menos até a próxima crise.
One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.