Voltar

Eu sei, você vai voltar
 e por mim tudo bem
 eu precisei ficar sozinho, mesmo
 foi pra manter o equilíbrio.

Eu sei, você vai voltar
 vai voltar aos poucos
 perguntando como eu tô
 e vai me falar de amor.

Quando voltar, por favor
 vem de fininho
 me faz rir, fale as novidades 
 aí sim, me beije.

Eu sei como vai voltar
 vai dizer que sente muito
 e aos prantos, dizer
 que nunca deixou de pensar em nós.

Você vai voltar dizendo tudo
 as nossas palavras
 as datas memorizadas
 e as músicas já esgotadas.

Vai revirar o roupeiro
 vai me pedir pra te ligar
 vai me reconquistar
 em cada segundo junto.

Vai arrepiar
 com a boca em minha orelha
 beijando devagar
 e eu, eu vou gostar.

Porque quando voltar
 eu vou lembrar, também
 que você faz isso
 como mais ninguém.

Você vai cuidar de mim
 vai dizer aquilo
 sobre nunca querer ter ido
 e sobre ter se arrependido.

E eu vou ser trouxa
 de dizer que quero
 de te aceitar
 quando a gente se deitar.

Eu sei, você vai voltar
 e eu vou me culpar
 vou pedir pra ficar,
 em vão.

Então, quando voltar
 não se esquece, por favor
 que volta e meia, eu tô aqui
 e sempre que precisar.

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.