Expor-se tal qual uma flor se expõe ao sol a fim de sobreviver /Mostro-me inteira para ti /Toma-me, é isso que sou /Inteira força, coragem, cor, desejo /Vem em mim, ilumina meu dia /Sob a tua luz que cega eu vejo /Sinto-me viva /Teu calor me acaricia e faz brotar ainda mais de mim /Toda aquela vida que estava guardada, esperando por ti.

Like what you read? Give L. Couto a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.