aos 353 dias do mês de agosto

agosto desgosto mês do cachorro louco meu inferno astral. dia 291 de agosto.

pobre do agosto, ninguém gosta do agosto. pode ser que sejam suas 5 semanas, essa distância infinita entre um pagamento e outro, a ausência total de feriado, a volta às aulas e ao trânsito caótico da megalópole engolidora de pessoas.

tenho pra mim que é essa espera pela primavera que está por começar, porque tudo fica mais bonito com a primavera, as coisas nascem. será que no hemisfério norte, o agosto é março?

depois de agosto vem meu aniversário e daí pras festas de fim de ano é um piscar, vários feriados, já dá praia. plu, já era.

em agosto todos os dias têm reviravoltas. muitas. e parece mesmo que nunca vai acabar. o VR acabou já, tem alguns dias. dia 315 de agosto.

parece aqueles minutos finais, quando você sobe no elevador apertado. o momento entre o elevador e sua porta, achar a chave. é essa a agonia que vivemos no dia 350 de agosto.

o tanque na reserva, o painel apitando. vai dar ruim. e a gente acorda mais um dia esperando que tenha acabado, esperança renovada, agora vai, energia recarregada [talvez nem tanto].

e então… dia 354 de agosto.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.