O amor tá nem aí para o tempo.
Bruno De Blasi
21

Oie, Bruno!

Quero começar me desculpando pela demora e, em segundo lugar, admitir que tua resposta foi uma das que mais gostei de receber (juro que não tô te bajulando! haha). Eu adoro quando interagem com as coisas que escrevo de forma a respondê-las, e sério, a tua reflexão me deixou mais que contente e adorei recebê-la. O amor, realmente, não tá nem aí pra nossa noção das coisas, muito menos para o tempo (mas a gente sempre acaba querendo um prazo, né? uma estimativa de volta quando o sentimento vai embora porque parece doer menos, às vezes). A gente sempre quer arrumar uma brecha para categorizar o que sentimos e o que vamos sentir, é automático, infelizmente.

Bem, de coração, obrigada por ter lido e pelo comentário maravilhoso. Peço desculpas pela demora mais uma vez, prometo não repetir, hahaha. Até a próxima, tudo de melhor!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated cláudia feltrin’s story.