O mais novo item de desejo do seu guarda-roupa

Na semana passada uma colega me enviou um vídeo da coleção do TED Talks sobre a utilização da impressora 3D para confecção de roupas. O vídeo era da designer Danit Peleg entitulado "Forget Shopping. Soon you will download your new clothes" onde podemos ver os avanços na criação de peças de roupas e acessórios utilizando a impressão 3D. Desde a primeira notícia a respeito desta nova tecnologia até este vídeo, aconteceram muitos avanços e melhorias principalmente na adequação de materiais para a construção (ou impressão) das peças. Materiais mais macios e maleáveis ainda estão por vir.

Diante disto já imaginei a pequena revolução no consumo e na logísitca que esta maquininha poderá causar: começa por acabar com a falta de produto! Ou seja, logística mais que "just in time" será "real time". Precisou? tá lá… é só imprimir! é o tempo da impressão ficar pronta e você ter a peça que queria. Sem falar que vai ajudar a diminuir custos com fretes, combustível e etc.

Continuei na minha "viagem"e já me vi entrando na minha loja preferida de calçados e escolhendo um modelo na telinha de um mobile qualquer, enviando as medidas do meu pé e voilá… o sapato perfeito para mim. É o fim das bolhas e machucados nos pés. Tenho certeza que nem Cinderela deixaria o seu para trás… E mais, iria acabar aquele sentimento de "ahhh que pena! acabou o último par do seu tamanho ou da sua cor preferida!" ou ainda quando a vendedora lhe diz que "aquele modelo do catálogo ainda não chegou nesta filial". Sem esta de viagem perdida, o produto estará lá disponível.

Ainda divagando pensei também que a vida das muito altas, ou das mais baixinhas ou do "plus size" seria muito mais fácil: escolher o modelo da roupa desejada e imprimir com as suas medidas, totalmente customizado, totalmente sob medida. É voltar no tempo estando no futuro tipo o filme Back to the Future… é estar falando de algo que hoje fica cada dia mais distante, mais no passado como a roupa feita sob medida de forma inovadora. E mais, voce poderá imaginar o seu modelo e criar a sua peça em casa: norm core, sem tendências de moda, o seu jeito, o seu gosto gerando menos descarte pois utilizaria material e tecnologia que permitem maior durabilidade nas peças.

Claro que ainda vai levar um tempinho para que ocorra mas acredito que pode ser real sim e até lá vou treinando minhas habilidades criativas para deixar a minha amiga Cinderela com inveja dos meus saltos super confortáveis, que não machucam, não deformam, não soltam as tiras e não ficam presos em escada alguma!

Like what you read? Give Luciana Scotti a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.