Dilma antes, Dilma agora

No primeiro ano de seu primeiro mandato, a presidente Dilma Rousseff mandou para o olho da rua sete ministros suspeitos de prática de corrupção.

A sociedade travestiu-a, então, de faxineira ética, que varria para fora da esplanada dos ministérios qualquer suspeito de malfeito.

No primeiro ano de seu segundo mandato, a presidente Dilma Rousseff manda para o quarto andar do Palácio do Planalto um investigado no âmbito da operação Lava-Jato.

A sociedade, agora, tem de enxotá-la do poder. Seja pela representação no Congresso Nacional ou pelo Tribunal Superior Eleitoral.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.