Gratidão

“Vá viver”

Vá viver, sem se apressar

Deguste momentos, suaves ou tensos

Sinta o que a vida pode lhe ensinar

Sei que vai raiar por si

Sejas dedicada, ame o que faz, construa um caráter

E ajude os demais

Você vai se machucar

Me roerá por dentro, mas darei alento

Seja em algum porre ou que precisar

Bela será com certeza

Vestes da mãe natureza

Copie o seu charme, maciez e beleza

Seja implacável com toda tristeza

Mostre com toda leveza

Traços da sua natureza

Seja você, não permita esquecer

Onde haja bondade irá florescer…”


Deitada em uma poltrona não muito confortável me ajeitei da melhor maneira possível, estiquei as pernas e me cobri. Peguei meu celular, zerei as mensagens e liguei um som…Maneva cantando “Vá viver”, coloquei para repetir algumas vezes, várias vezes, na verdade.

Gostei da música, um ritmo gostoso e uma mensagem dizendo para tocar a vida, degustar e aproveitar cada momento seja ele bom ou nem tanto assim, dentre outras frases de incentivo… pelo menos foi como interpretei nesse instante.

Em meio a tantos furacões que nos pegam desprevenidos, que nos tiram o chão, deixam o ar mais denso e fazem pesar as nossas costas, quero poder olhar para o céu e simplesmente agradecer. Agradecer a tantas oportunidades de abrir meus olhos e começar um novo dia, tantas oportunidades “de raiar” por mim, de raiar por e com aqueles que me cercam, de saber que posso me machucar, mas logo a ferida sara e continuarei a tocar as coisas.

Temos a oportunidade de mudar a vida ou o dia de alguém, dando-lhe um sorriso, um bom dia, um abraço, uma pergunta ou uma fala/mensagem que realmente demonstre interesse e não apenas a mera formalidade estabelecida pelas “boas práticas de convivência”. É tão sútil e tão sublime perceber que tudo o que está a nossa volta tem a sua beleza, sua peculiaridade, seus detalhes que fazem a diferença em nossos caminhos, isso quando nos permitimos olhar para as ‘flores’ ao nosso lado, ao invés de andar automaticamente olhando apenas para o caminho a ser seguido…pois é nesse andar automático que perdemos tantas oportunidades e, sendo sinceros, sabemos que elas não voltarão…

Dar graças por tudo! Por absolutamente tudo…nem sempre é fácil, mas é possível e modifica a nossa maneira de encarar e passar pelas dificuldades e contratempos do nosso dia a dia…

Acho que segui escrevendo por um caminho diferente da letra da música, na verdade a intenção não era essa mesmo! Era só compartilhar o som que estava ouvindo, que mexeu comigo, que começou a cutucar algumas coisas e inquietar a minha mente de uma maneira saudável e produtiva… que me ajudou a refletir em algumas coisas sobre mim, sobre tudo o que tenho vivido, sobre todos os processos em andamento, sobre o que tenho buscado. E perante a tudo isso, só posso agradecer por todas as possibilidades que estão surgindo. Oportunidades de crescimento, oportunidades de olhar para o lado, para a paisagem que me cerca e de olhar para mim mesma. Oportunidades de me permitir olhar para a dor do outro e deixar a minha de lado por alguns instantes e oferecer um abraço com sinceridade, de fazer uma oração por outro alguém, alguém que provavelmente daqui há alguns dias não retornarei a ver, mas que naquele momento precisou de tudo o que eu poderia oferecer-lhe…

Quero apenas agradecer as oportunidades que me possibilitam, de uma maneira única, viver. VIVER!

Graças dou! 🙏

A single golf clap? Or a long standing ovation?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.