às vezes eu quero te mandar pra longe
não sei se pro inferno mas perto dali
é que me irrita sentir tanto e guardar tudo
e quando você passa o rumo eu perco…
maldito!
se ao menos você tocasse a campainha 
e pedisse pra entrar, mas não
você prefere que eu te veja de longe
que eu enlouqueça aos poucos 
e perca os cabelos vivendo essa confusão…
você me irrita!
e eu já nem posso te calar a boca com beijos
não posso me perder em meio a tua pele
só fico de longe observando tudo
sem entender nada
e às vezes querendo te mandar pra puta que pariu